Justiça acolhe recurso da AGU e decide que o Ministério Público Federal não pode acessar informações sigilosas ou administrativas da Polícia Federal no controle externo da atividade policial.

Imprimir: Justiça acolhe recurso da AGU e decide que o Ministério Público Federal não pode acessar informações sigilosas ou administrativas da Polícia Federal no controle externo da atividade policial. Compartilhamento: Justiça acolhe recurso da AGU e decide que o Ministério Público Federal não pode acessar informações sigilosas ou administrativas da Polícia Federal no controle externo da atividade policial. Justiça acolhe recurso da AGU e decide que o Ministério Público Federal não pode acessar informações sigilosas ou administrativas da Polícia Federal no controle externo da atividade policial. Justiça acolhe recurso da AGU e decide que o Ministério Público Federal não pode acessar informações sigilosas ou administrativas da Polícia Federal no controle externo da atividade policial. Justiça acolhe recurso da AGU e decide que o Ministério Público Federal não pode acessar informações sigilosas ou administrativas da Polícia Federal no controle externo da atividade policial.
Publicado : 08/01/2018 - Alterado : 12/01/2018
Justiça acolhe recurso da AGU e decide que o Ministério Público Federal não pode acessar informações sigilosas ou administrativas da Polícia Federal no controle externo da atividade policial.
 

 

Documentos

Arquivo Tamanho
AGU BRASIL N.1666 08012018.mp3 11,52 MB