AGU impede reajuste indevido de aposentadoria de juízes que custaria R$ 2 milhões

Imprimir: AGU impede reajuste indevido de aposentadoria de juízes que custaria R$ 2 milhões Compartilhamento: AGU impede reajuste indevido de aposentadoria de juízes que custaria R$ 2 milhões AGU impede reajuste indevido de aposentadoria de juízes que custaria R$ 2 milhões AGU impede reajuste indevido de aposentadoria de juízes que custaria R$ 2 milhões AGU impede reajuste indevido de aposentadoria de juízes que custaria R$ 2 milhões
Publicado : 26/07/2017 - Atualizado às : 13:14:55
A Advocacia-Geral da União (AGU) evitou que um reajuste indevido em aposentadorias de juízes classistas, aqueles sem formação em direito, gerasse um prejuízo de cerca de R$ 2 milhões aos cofres públicos. A Advocacia-Geral conseguiu impedir, na Justiça Federal de Porto Alegre, que o Departamento de Trânsito local (Detran/RS) implantasse sistema de notificação eletrônica paralelo ao regulamentado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). E você sabe o que é direito ao esquecimento? Aprenda hoje no AGU Explica. A produção é da ASCOM da AGU.
 

 

Documentos

Arquivo Tamanho
AGU BRASIL N.1549 26072017.mp3 6,35 MB