Inauguração de nova sede da AGU em São Paulo garante economia de R$ 1 milhão por mês

Imprimir: Inauguração de nova sede da AGU em São Paulo garante economia de R$ 1 milhão por mês Compartilhamento: Inauguração de nova sede da AGU em São Paulo garante economia de R$ 1 milhão por mês Inauguração de nova sede da AGU em São Paulo garante economia de R$ 1 milhão por mês Inauguração de nova sede da AGU em São Paulo garante economia de R$ 1 milhão por mês Inauguração de nova sede da AGU em São Paulo garante economia de R$ 1 milhão por mês
Publicado : 18/03/2019 - Alterado : 21/03/2019

Imagens: Ascom/AGU
Imagens: Ascom/AGU

A Advocacia-Geral da União (AGU) inaugurou nesta segunda-feira (18/3) a nova sede da instituição na cidade de São Paulo. Localizadas na Rua Bela Cintra (Consolação), as novas instalações possibilitarão uma economia de cerca de R$ 1 milhão por mês em aluguéis.

A nova sede concentrará as atividades da Procuradoria-Regional Federal da 3ª Região (PRF3), da Consultoria Jurídica da União em São Paulo (CJU-SP), da Procuradoria Regional da União da 3ª Região (PRU3), do Escritório Avançado da Corregedoria-Geral em São Paulo, do Núcleo Especializado em Arbitragem em São Paulo, da Escola da AGU (EAGU) em São Paulo e da Superintendência de Administração da AGU em São Paulo. Com as instalações, além da economia de recursos, serão aprimoradas as condições de trabalho e atendimento dos membros e servidores da AGU na capital paulista.

Em visita à nova sede, o advogado-geral da União, André Mendonça, lembrou dos princípios da eficiência que a AGU atende ao reduzir as despesas públicas. Segundo ele, o novo local vai continuar permitindo mobilidade aos membros e servidores da Advocacia-Geral para que possam continuar prestando serviços à sociedade com a mesma qualidade.

“Pequenos gestos trazem um grande impacto. Esse dinheiro pode ser investido em outras áreas mais carentes, ou pode ainda se trazer uma economia para o erário público”, elogiou. “É uma instalação mais simples em relação àquela em que estávamos. Parabéns àqueles que antes de nós e durante a nossa gestão participaram do processo de vinda para essa nova instalação em uma percepção de austeridade pública, que é importante, e certamente é um valor considerável, dentro do Orçamento da AGU e do país”, disse, acrescentando que os valores economizados correspondem a cerca de 10% dos valores destinados anualmente à Controladoria-Geral da União.

Participaram da cerimônia de inauguração as presidentes do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, desembargadora Therezinha Cazerta; do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, desembargadora Rilma Aparecida Hemetério; o presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças; o conselheiro do Conselho Nacional de Justiça, Henrique Ávila; e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo, Caio Augusto Silva dos Santos. Pela AGU, participaram da solenidade de inauguração, além de Mendonça, a corregedora-geral, Vládia Pompeu Silva, e o procurador-geral Federal, Leonardo Silva Lima Fernandes.

Racionalização

De acordo com Jorge Baldassare, Consultor Jurídico da União no Estado de São Paulo, a nova sede representa avanço muito grande em termos de racionalização dos recursos públicos. “É com um prazer enorme, como cidadão e servidor público, que a gente consegue ver esse projeto concluído. O país precisa buscar esse caminho de redução de despesas mesmo”, disse.

“Nossos projetos são de assessorar cada vez mais próximo dos gestores e garantir que esse trabalho de consultoria preventiva seja cada vez melhor e consiga evitar que aconteçam falhas, desvio de recursos. Evitar também a judicialização”, completou.

Já a procuradora-regional Federal da 3ª Região, Lara Aued, destacou o fato de a nova instalação reunir as carreiras em um mesmo prédio. “Um dos ganhos é a questão da identidade funcional. Nesse prédio nós temos todas as carreiras, menos os procuradores da Fazenda e do Banco Central. Acho que isso é um ganho institucional muito grande para a gente, dá uma sensação de valorização para a carreira”, explicou.

A importância da localização também foi mencionada pelo procurador-regional da União na 3ª Região, Luiz Carlos de Freitas. “Conseguimos manter a localização estrategicamente próxima dos órgãos públicos que atendemos e do Poder Judiciário, como o Tribunal Regional Federal, a Justiça Federal, e com isso os advogados conseguem um rápido deslocamento para exercer suas funções, para adotar medidas urgentes, inclusive sem precisar de veículo para deslocamento”, elogiou.

A representante da Escola da AGU em São Paulo, Rita Dias Nolasco, também comemorou a concentração de todas as unidades em um mesmo local e a divisão das áreas de acordo com as necessidades de cada unidade. “Eu estou muito feliz com o novo espaço. Temos grandes projetos na EAGU e a intenção de nos aproximar dos chefes regionais de cada unidade para atender os anseios de capacitação dos servidores e membros da AGU, conforme as necessidades”, disse.

Também estiveram presentes no evento o delegado titular da Delegacia Especial da Receita Federal de Administração Tributária em São Paulo, Guilherme Bibiani; o superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Valmir Cordeli; o superintendente de Patrimônio da União em São Paulo, Eduardo Santos Barroso; o 1º Tenente do Exército, Henrique Santos Miranda; o diretor-presidente da Amazônia Azul Tecnologias de Defesa, Helcio Honda; o procurador-chefe da Procuradoria-Regional do Trabalho da 2ª Região, Erich Vinícius Schramm; a associada do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados, Daniella Zagari Gonçalves; e a defensora regional dos direitos humanos da Defensoria Pública da União em São Paulo, Fabiana Galera Severo.

Compareceram, ainda, o superintendente regional do Trabalho em São Paulo, Marco Antônio Melchior; o secretário-chefe do Setor Administrativo do ministério das Relações Exteriores, Flávio Esteves; os procuradores da Procuradoria-Seccional Federal em Jundiaí (SP), Elisa Alves dos Santos Lima e Salvador Salustiano Martim Jr; o 1º Tenente do Comando Militar do Sul, Eduardo Newton Pinto; o capital da Escola Preparatória de Cadetes do Exército, Marcel Henrique Pinto; o coronel Bruno Morato Arnaut; o 1º Tenente Rafael Amorim da Costa; a subprocuradora-geral do Estado adjunta da Subprocuradoria do Contencioso Tributário Fiscal, Camila Pintarelli; e o superintendente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em São Paulo, José Carlos Oliveira.

Também prestigiaram o evento a Procuradora-Regional da Fazenda Nacional, Catheriny Baccaro Nonato; a Procuradora-Chefe da Procuradoria Regional do Banco Central em São Paulo, Tânia Nigri, bem como Advogados da União, Procuradores Federais, Procuradores da Fazenda Nacional e Procuradores do Banco Central de diversas Unidades da 3ª Região.  

Luiz Flávio Assis Moura

 


 
« Notícia anterior
 
Próxima notícia »

Imagens Relacionadas

Imagens: Ascom/AGU
Foto: ASCOM AGU