Mediado pela AGU, acordo dos planos econômicos ganha Prêmio Innovare

Imprimir: Mediado pela AGU, acordo dos planos econômicos ganha Prêmio Innovare Compartilhamento: Mediado pela AGU, acordo dos planos econômicos ganha Prêmio Innovare Mediado pela AGU, acordo dos planos econômicos ganha Prêmio Innovare Mediado pela AGU, acordo dos planos econômicos ganha Prêmio Innovare Mediado pela AGU, acordo dos planos econômicos ganha Prêmio Innovare
Publicado : 06/12/2018 - Atualizado às : 15:49:25

Fotos: Daniel Estevão/AscomAGU
Fotos: Daniel Estevão/AscomAGU

Mediado pela Advocacia-Geral da União (AGU), o acordo que colocou um fim a três décadas de litígio entre poupadores e instituições financeiras em torno das perdas que aplicações tiveram com a implantação dos planos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor II (1991), o chamado acordo dos planos econômicos, foi o vencedor do Prêmio Innovare na categoria “Advocacia”.

“Com o acordo, conseguimos demonstrar que é possível destravar questões que se arrastam há muitos anos no Judiciário brasileiro através do diálogo. Essa é a grande inovação, saber que somos capazes de contribuir para que a Justiça, tão sobrecarregada, flua melhor”, destacou a advogada-geral da União, ministra Grace Mendonça, após a entrega do prêmio, feita pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso.

Considerada a mais importante premiação do mundo jurídico, o Innovare tem como objetivo reconhecer e difundir práticas que contribuem para o aprimoramento da Justiça no Brasil. O acordo mediado pela AGU superou outros 87 concorrentes inscritos na categoria “Advocacia” e foi agraciado por uma comissão julgadora formada por ministros do STF e Superior Tribunal e Justiça (STJ), desembargadores, juízes, promotores, defensores públicos e advogados.

Homologado pelo STF, o acordo foi celebrado entre o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, Frente Brasileira de Poupadores e Federação Brasileira de Bancos após 13 meses de negociações mediadas pela AGU e sob supervisão do Banco Central. Ele tem potencial para encerrar mais de um milhão de processos judiciais e injetar até R$ 12 bilhões na economia.

A plataforma eletrônica de adesão ao acordo está disponível desde o primeiro semestre de 2018. Em outubro, a Justiça também passou a realizar mutirões presenciais de adesão.

Histórico

Essa é a terceira vez que uma iniciativa da AGU conquista o Prêmio Innovare. Em 2011, o trabalho de combate à corrupção feito pelo Grupo Permanente de Atuação Proativa do Departamento de Patrimônio e Probidade (DPP) da Procuradoria-Geral da União ganhou a categoria especial da premiação. A mesma categoria voltou a ser vencida em 2015 pelo projeto Centrais de Negociação, também da PGU.


 
« Notícia anterior
 
Próxima notícia »

Imagens Relacionadas

Fotos: Daniel Estevão/AscomAGU