ESTATÍSTICAS - ESTADUALIZAÇÃO - OUTUBRO DE 2018 - RELATÓRIO SAPIENS

Imprimir: ESTATÍSTICAS - ESTADUALIZAÇÃO - OUTUBRO DE 2018 - RELATÓRIO SAPIENS Compartilhamento: ESTATÍSTICAS - ESTADUALIZAÇÃO - OUTUBRO DE 2018 - RELATÓRIO SAPIENS ESTATÍSTICAS - ESTADUALIZAÇÃO - OUTUBRO DE 2018 - RELATÓRIO SAPIENS ESTATÍSTICAS - ESTADUALIZAÇÃO - OUTUBRO DE 2018 - RELATÓRIO SAPIENS ESTATÍSTICAS - ESTADUALIZAÇÃO - OUTUBRO DE 2018 - RELATÓRIO SAPIENS
Publicado : 13/11/2018 - Alterado : 22/11/2018

Prezados colegas,

 

Conforme rotina de publicação das estatísticas da Estadualização na Paraíba, segue abaixo análise detalhada do volume de demandas de cada Núcleo Temático.

 

São parâmetros de avaliação, para averiguação mensal dos dados:

 

  1. Todas as informações basilares são retiradas do SAPIENS, considerando as atividades e tarefas de responsabilidade de cada Núcleo Temático.
  2. O relatório de tarefas poderá conter algumas inconsistências, uma vez que as tarefas redistribuídas não são contabilizadas para o último Núcleo que as recebeu, apenas entrando no cômputo do primeiro que as recepcionou.
  3. O relatório de atividades terá dois modos de visualização, o primeiro considerará todas as atividades realizadas pelos procuradores federais e o segundo apenas aquelas não repetitivas, ou seja as que demandam uma atuação “TEORICAMENTE” mais apurada.
  4. Na análise das atividades repetitivas, só serão consideradas dessa natureza, àquelas que comprovadamente se encaixam nesse perfil, na dúvida, a atividade não receberá essa classificação.
  5. Todas as atividades do NUPREV/JEF/EAGE-PROC serão consideradas como repetitivas, uma vez que a própria natureza do Gerenciamento de Contencioso de Massa nos leva a essa conclusão.
  6. Serão desconsideradas as tarefas e atividades do NUCOB e das Chefias das unidades envolvidas.
  7. Foi possível a avaliação dos procuradores em exercício no NUPREV-TR, através da análise dos dados da EQUIPE REGIONAL DE TURMAS RECURSAIS DA 5ª REGIÃO, que congrega nesse momento, os Estados da Paraíba e de Pernambuco. Também foi possível trazer, nesta oportunidade, os dados brutos dos procuradores federais da Paraíba em exercício na ENAC e ECOJUD.