AGU e mais 9 instituições criam a Associação Latino-Americana de Advocacias de Estado

Imprimir: AGU e mais 9 instituições criam a Associação Latino-Americana de Advocacias de Estado Compartilhamento: AGU e mais 9 instituições criam a Associação Latino-Americana de Advocacias de Estado AGU e mais 9 instituições criam a Associação Latino-Americana de Advocacias de Estado AGU e mais 9 instituições criam a Associação Latino-Americana de Advocacias de Estado AGU e mais 9 instituições criam a Associação Latino-Americana de Advocacias de Estado
Publicado : 08/03/2018 - Alterado : 14/03/2018

Fotos: Amariles Sodré/AscomAGU
Fotos: Amariles Sodré/AscomAGU

Representantes de procuradorias e advocacias públicas de dez países da América Latina lançaram nesta quinta-feira (08/03) o estatuto de uma organização para incrementar a cooperação na defesa e assessoramento jurídico do Estado.

O lançamento da Associação Latino-Americana de Advocacias e Procuradorias de Estado (Alap) aconteceu durante seminário internacional que está sendo realizado em Brasília para celebrar os 25 anos da Advocacia-Geral da União (AGU). A nova entidade reúne instituições responsáveis pela advocacia pública no Brasil, Colômbia, Chile, Guatemala, Equador, Panamá, Honduras, Peru, Paraguai e Bolívia.

A advogada-geral da União, Grace Mendonça, foi eleita para presidir a Alap. A ministra afirmou que a criação da entidade concretiza um “sonho antigo” de fortalecer a advocacia pública no contexto da América Latina. “Sabemos que, como integrantes de instituições de Estado, enfrentamos problemas e adversidades comuns. E acabamos construindo soluções para esses problemas, daí a importância de compartilharmos com países irmãos todas essas experiências para que juntos possamos construir uma advocacia pública cada vez mais forte”, explicou Grace, observando que essa integração ganha ainda mais importância em um mundo globalizado.

Representante da Procuradoria-Geral do Estado da Bolívia, Ernesto Arteaga também comemorou a iniciativa e as negociações realizadas nos dias que antecederam a criação da Alap. “Foram dias de intenso trabalho que terminaram com um resultado muito positivo: a criação de uma associação latino-americana que vai fortalecer a defesa dos interesses mais altos do Estado”, resumiu o representante da Bolívia.

A criação da Alap também foi saudada por Luís Carrera, da Agência Nacional de Defesa Jurídica do Estado da Colômbia. “Chegou a hora de termos um fórum de troca de práticas e ferramentas de cooperação em diferentes áreas de trabalho”, afirmou o colombiano.

 


 
« Notícia anterior
 
Próxima notícia »

Imagens Relacionadas

Fotos: Amariles Sodré/AscomAGU
Fotos: Amariles Sodré