Unidade da AGU na Bahia doa 20 toneladas de papel para reciclagem

Imprimir: Unidade da AGU na Bahia doa 20 toneladas de papel para reciclagem Compartilhamento: Unidade da AGU na Bahia doa 20 toneladas de papel para reciclagem Unidade da AGU na Bahia doa 20 toneladas de papel para reciclagem Unidade da AGU na Bahia doa 20 toneladas de papel para reciclagem Unidade da AGU na Bahia doa 20 toneladas de papel para reciclagem
Publicado : 04/12/2017 - Atualizado às : 12:38:28

Foto: PF/BA
Foto: PF/BA

A Procuradoria Federal no Estado da Bahia (PF/BA) doou para reciclagem seu arquivo físico, composto por mais de 20 toneladas de papel.

O material foi descartado pela unidade da Advocacia-Geral da União (AGU) após uma análise prévia dos conteúdos. A ação foi conduzida por uma equipe integrada pela procuradora-chefe da PF/BA, Ivana Roberta Couto Reis de Souza, pelo procurador federal Ricardo Caldas e por nove servidores e dez terceirizados.

Foram aproximadamente 60 m³ de papéis descartados e doados para reciclagem. O material ocupava uma área física de quase 130 m³.  Agora, parte dessa área será utilizada para a criação de uma sala para alojamento de funcionários que trabalham remotamente e que desejam ter um ponto de apoio na PF/BA. O restante da área liberada servirá como economia em futuras negociações contratuais para locação de imóvel.

Além dessa medida, o Núcleo de Gestão reorganizou totalmente o setor de arquivo, desenvolvendo inclusive sistema próprio de controle, de forma a gradualmente digitalizar todos os documentos arquivados na procuradoria, abolindo o uso do papel para arquivamento de dados na unidade.

Os materiais descartados foram doados para reciclagem nas cooperativas do Programa de Coleta Seletiva em Órgãos Públicos – Recicle Já Bahia. A iniciativa conta com a parceria de 24 cooperativas de catadores que atuam em todo o Estado da Bahia, realizando a coleta dos materiais recicláveis. Nos prédios da Procuradoria Federal e da União, na Av. Paralela, a coleta, realizada entre janeiro e novembro de 2017, contou com a colaboração da cooperativa dos Catadores de Reciclagem de Cajazeiras (Coocreja).

Luiz Flávio Assis Moura


 
« Notícia anterior
 
Próxima notícia »