Novo projeto incentiva a integração entre os órgãos regionais da AGU

Imprimir: Novo projeto incentiva a integração entre os órgãos regionais da AGU Compartilhamento: Novo projeto incentiva a integração entre os órgãos regionais da AGU Novo projeto incentiva a integração entre os órgãos regionais da AGU Novo projeto incentiva a integração entre os órgãos regionais da AGU Novo projeto incentiva a integração entre os órgãos regionais da AGU
Publicado : 09/08/2017 - Alterado : 15/08/2017

Foto: Renato Menezes/AscomAGU
Foto: Renato Menezes/AscomAGU

A advogada-geral da União, ministra Grace Mendonça, assinou nesta quarta-feira (09/08) portaria que cria, no âmbito da instituição, o AGU Sinergia. O projeto-piloto tem como objetivo integrar ainda mais os órgãos regionais da Advocacia-Geral, contribuindo para que eles compartilhem informações e experiências e atuem de maneira mais uniforme e eficiente em defesa do Estado brasileiro, do interesse público e da sociedade.

O projeto consiste em um conjunto de iniciativas que têm o intuito de aproximar os órgãos regionais. A principal é a realização, em cada uma das cinco regiões em que a AGU atua, de pelo menos uma reunião mensal com os principais dirigentes locais. O encontro será realizado com o suporte da Escola da AGU e deverá contar, obrigatoriamente, com a presença do procurador-regional da União; procurador-regional da Fazenda Nacional; consultor da União no estado; procurador-regional federal; corregedor-auxiliar da AGU na região; dirigente da Procuradoria-Regional do Banco Central; responsável pela unidade da Escola da AGU no estado; superintendente-regional da Secretaria-Geral de Administração da AGU.

Nas reuniões, os dirigentes deverão discutir as principais atuações estratégicas da AGU na região, além de compartilhar informações relevantes e experiências de sucesso de cada órgão. “Independentemente das carreiras que compõem a AGU, todos nós defendemos o mesmo interesse: o público. E todos nós estamos em uma mesma instituição, a Advocacia-Geral da União. Então quanto mais integrados trabalharmos, maior unidade teremos e com maior eficiência conseguiremos atender ao interesse público. Precisamos trabalhar de uma maneira uniforme, ter unidade institucional. Não trabalhamos com AGU fragmentada. Trabalhamos com AGU unida em prol do Estado brasileiro e, em última análise, da sociedade brasileira e do cidadão”, explicou a advogada-geral durante a solenidade de assinatura da portaria.

Comunicação e Ouvidoria

O AGU Sinergia também prevê a criação de unidades regionais de comunicação nas capitais em que estão sediadas cada uma das regiões da Justiça Federal, com exceção da 1ª Região, cuja sede é em Brasília (DF): Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Porto Alegre (RS) e Recife (PE). As unidades de comunicação irão dar suporte ao relacionamento com a imprensa local e produzir conteúdo sobre as atuações dos órgãos regionais da AGU, ao mesmo tempo garantindo que a comunicação regional esteja alinhada com a política de comunicação nacional da instituição.

Além disso, o projeto também pretende aperfeiçoar o funcionamento da Ouvidoria nos órgãos regionais, com a definição mais clara dos responsáveis por atender com agilidade e precisão os milhares de pedidos de informações que a AGU recebe de cidadãos.

A duração inicial da iniciativa será de 120 dias. Mas a ideia é, ao final do prazo, avaliar a experiência e, se for o caso, torná-la permanente. “Precisamos trabalhar juntos, de mão dadas. Buscar um entrosamento maior para ter uma unidade de atuação institucional”, concluiu a ministra, que depois da assinatura da portaria participou de reuniões de trabalho com os dirigentes regionais que estiveram em Brasília para acompanhar a solenidade.

Raphael Bruno


 
« Notícia anterior
 
Próxima notícia »

Imagens Relacionadas

Foto: Renato Menezes/AscomAGU
Foto: Renato Menezes/AscomAGU
Foto: Renato Menezes/AscomAGU