Conheça os planos do novo ouvidor da AGU para melhorar atendimento ao cidadão

Imprimir: Conheça os planos do novo ouvidor da AGU para melhorar atendimento ao cidadão Compartilhamento: Conheça os planos do novo ouvidor da AGU para melhorar atendimento ao cidadão Conheça os planos do novo ouvidor da AGU para melhorar atendimento ao cidadão Conheça os planos do novo ouvidor da AGU para melhorar atendimento ao cidadão Conheça os planos do novo ouvidor da AGU para melhorar atendimento ao cidadão
Publicado : 14/10/2016 - Atualizado às : 18:18:09

Foto: Wesley Mcallister/AscomAGU
Foto: Wesley Mcallister/AscomAGU

O novo ouvidor-geral da Advocacia-Geral da União (AGU), procurador federal Francis Scherer Bicca, assume a chefia do órgão com o desafio de aperfeiçoar a capacidade da instituição de responder a mais de seis mil solicitações internas e externas por ano.

Entre as metas do dirigente, estão: a redução do tempo gasto para responder as solicitações de cidadão ou integrante dos quadros da AGU; a ampliação da conscientização do público interno sobre importância da Ouvidoria na prevenção de litígios e no aumento da satisfação dos integrantes da AGU; o aperfeiçoamento dos canais de atendimento do órgão, para que a informação possa chegar de forma mais adequada e acessível ao interessado, diminuindo o número de recursos; capacitar os integrantes da Ouvidoria para que possam atender de forma mais satisfatória tanto o público interno quanto o externo.

De acordo com Francis Bicca, para atingir tais objetivos a Ouvidoria precisará atuar em cooperação com os demais órgãos e unidades da AGU, principalmente a direção. “Contamos com pleno apoio da ministra Grace Mendonça, que está sensível principalmente às dificuldades dos servidores e terceirizados, mas também atenta aos demais integrantes da Advocacia-Geral da União”, afirma.

Para Francis, o apoio é oportuno porque ajudará a Ouvidoria a melhorar transparência e o atendimento ao cidadão. “Atualmente, a Ouvidoria da AGU atende eminentemente o público externo, prestando informação para o cidadão que nos procura, muito em decorrência da Lei de Acesso à Informação”, explica.

Trajetória

Membro da AGU desde 2002, Francis Scherer Bicca ingressou na carreira de procurador do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em 2000. Desde então ocupou diversas funções no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no Distrito Federal, entre elas a de representante do escritório da AGU no TSE nas gestões dos ministros Dias Toffoli e Gilmar Mendes, e a de assessor especial dos advogados-gerais da União Dias Toffoli e Luís Adams.

Na Ouvidoria da AGU, encontrará novos desafios. O órgão funciona como um canal aberto ao cidadão, a outras instituições e aos integrantes das áreas administrativa e jurídica da AGU, com o objetivo de receber e dar satisfação a reclamações, elogios, críticas, sugestões e denúncias. Em 2011, passou a ser responsável, também, pela coordenação dos Serviços de Informações ao Cidadão (SIC), que atualmente funcionam em 94 protocolos unificados.

Solicitações

Desde sua criação, em 2007, a Ouvidoria da AGU recebeu mais de 52 mil solicitações. Somente nos primeiros nove meses de 2016, foram quase cinco mil demandas, a maioria delas pedidos de informações relacionadas ao andamento de processos administrativos, a processos judiciais e a pareceres, súmulas e normas.

Mas a Ouvidoria também recebeu 600 pedidos baseados na Lei de Acesso à Informação, sendo que 97% deles já foram respondidos. Foram recebidas, ainda, 150 queixas, além de denúncias, elogios, sugestões e até mesmo quase 900 demandas sobre matérias que não são de competência da AGU.

Para realizar todo esse trabalho, o órgão conta, atualmente, com nove colaboradores, entre membros, servidores e terceirizados. "Contamos com um quadro mínimo frente à crescente demanda. Vamos trabalhar para incrementar essa força de trabalho", conclui.

Leonardo Werneck


 
« Notícia anterior
 
Próxima notícia »