Corregedoria-Geral da Advocacia da União realiza correições eletrônicas na 4ª Região

Imprimir: Corregedoria-Geral da Advocacia da União realiza correições eletrônicas na 4ª Região Compartilhamento: Corregedoria-Geral da Advocacia da União realiza correições eletrônicas na 4ª Região Corregedoria-Geral da Advocacia da União realiza correições eletrônicas na 4ª Região Corregedoria-Geral da Advocacia da União realiza correições eletrônicas na 4ª Região Corregedoria-Geral da Advocacia da União realiza correições eletrônicas na 4ª Região
Publicado : 31/08/2016 - Atualizado às : 11:27:17

A Corregedoria-Geral da Advocacia da União - CGAU prossegue neste mês de agosto na segunda etapa das correições eletrônicas na 4ª região. Estão sendo realizadas as verificações de regularidade e eficácia do serviço jurídico nas  unidades subordinadas à Procuradoria-Regional da Fazenda Nacional da 4º Região.

Por meio da Portaria nº 211/216/CGAU/AGU, de 1º de agosto de 2016, Publicada no Boletim de Serviço Eletrônico/AGU nº 32 de 8 de agosto de 2016, foram aprovados instrumentos específicos para a análise dos processos e da qualidade das peças processuais e pareceres produzidos pelos Procuradores da Fazenda Nacional além da verificação dos recursos humanos e materiais das unidades. A ficha de avaliação individualizada e o questionário de informações indicam itens específicos para que os membros e servidores em exercício nas Procuradorias da Fazenda Nacional saibam quais pontos do próprio trabalho estão sendo avaliados

De acordo com o Procurador da Fazenda Nacional e Corregedor-Geral da União substituto, Edimar Fernandes de Oliveira

“O levantamento padronizado de informações, com descritores objetivos para auxiliar o preenchimento, constitui um importante instrumento para uniformizar o entendimento sobre a informação solicitada.   Com efeito, o formulário permite adequar as opções de respostas para evitar a divergência de compreensão e contemplar os cenários processuais almejados na correição, sempre visando a qualidade da informação.”

Elmar Luis Kichel, também Procurador da Fazenda Nacional e, atualmente, Corregedor Auxiliar na Corregedoria-Geral da AGU, informa que os formulários para correição eletrônica:

“são instrumentos que objetivam parametrizar a análise de processos a ser feita pelas diferentes equipes correicionais estabelecendo padrões uniformes de verificação a serem considerados no posterior processamento das informações para fins dos relatórios de correição.”

A CGAU deve chegar ao final de 2016 com 85 correições realizadas. Em 2017, a meta é realizar 200 correições, que podem resultar em elogios e recomendações de mudança de atuação. Caso seja verificada falta disciplinar, processos administrativos disciplinares podem ser abertos. As correições eletrônicas são realizadas há pouco mais de três anos, respaldadas pela Portaria CGAU nº 50, de 27 de março de 2013.

Confira a Portaria nº 211/CGAU/AGU/2016 no link abaixo.


 
« Notícia anterior
 
Próxima notícia »

Documentos

Arquivo Tamanho
Portaria CGAU nº 211/2016 102,4 KB