A Fábrica

Imprimir: A Fábrica Compartilhamento: A Fábrica A Fábrica A Fábrica A Fábrica
Publicado : 09/06/2014 - Alterado : 29/05/2015
A Fábrica de Ideias é um canal de comunicação direto com a Procuradoria-Geral Federal e que tem como objetivo propiciar que todo procurador federal e os servidores do quadro de apoio auxiliem no crescimento da nossa instituição, por meio do encaminhamento de ideias, sugestões e apresentação de novos projetos.

A instituição do programa Fábrica de Ideias busca criar um ambiente mais favorável à ampla participação dos interessados, por meio do qual, dentro do conceito de gestão participativa, todos poderão opinar, compartilhar ideias, pensar e desenvolver projetos e, o mais importante, ser corresponsável pelo futuro da Procuradoria-Geral Federal. Dessa forma, cada um dos colegas poderá fazer parte de um processo estruturado de tomada de decisões relacionadas a projetos que certamente impactarão no cotidiano profissional de todos os membros.

Com esse canal de comunicação, amplia-se de forma considerável a capacidade criativa e de inovação da PGF, bem como a rapidez no atendimento das necessidades da organização. Para que isso aconteça é indispensável a sua participação!




Estatuto da Fábrica


A Fábrica de ideias é pautada por alguns princípios que perfazem a sua própria força motriz, são eles: o espírito colaborativo, o comprometimento, a transparência e a inovação.

A leitura que se faz do princípio colaborativo é a capacidade que a Fábrica de Ideias tem de envolver todos os Procuradores Federais e Servidores do quadro de apoio em torno de um objetivo comum: transformar e aprimorar a organização Procuradoria-Geral Federal.

O comprometimento se traduz no compromisso de todos os colegas em gerar matéria prima para a Fábrica, encaminhando ideias, sugestões ou projetos; bem como dos componentes do Conselho da Fábrica de Ideias em dar encaminhamento aos projetos e sugestões que se fizerem passíveis de implementação para a melhoria da Procuradoria-Geral Federal e do trabalho dos seus membros.

Conectado a esse princípio está a transparência, estampada na publicidade de todas as decisões e de todos os procedimentos adotados pelo Conselho da Fábrica de Ideias, especialmente a tramitação das sugestões/projetos encaminhados.

Finalmente, a inovação deve ser a tônica da Fábrica de Ideias, ou seja, a capacidade da organização de diagnosticar e antecipar acontecimentos, propiciando estratégia competente para a transformação no seu modo de agir e atuar. A Procuradoria não mais espera o futuro, ela se antecipa a ele!




As Engrenagens da Fábrica


A Fábrica de Ideias conta com um canal de comunicação específico para receber a contribuição de todos os membros e servidores da Procuradoria-Geral Federal. Esse canal de comunicação é restrito para o encaminhamento de sugestões ou novos projetos.

(Importante 1: O canal de comunicação da Fábrica de Ideias não é apropriado para o envio de requerimentos. Para esta finalidade, o interessado deverá tratar do assunto diretamente com o órgão competente para o atendimento da solicitação. As competências, bem como os responsáveis para atendê-las, podem ser encontradas na página da PGF, na internet e intranet.

Importante 2: Considerando que se busca a concreta transformação e aprimoramento da organização PGF, a fim de garantir efetividade às sugestões direcionadas à Fábrica de Ideias, somente serão objeto de análise pelo Conselho as questões que estiverem no âmbito de competência da Procuradoria-Geral Federal)

Encaminhada a proposta, ela será recepcionada e ingressará na pauta de reuniões do Conselho da Fábrica de Ideias. A pauta estará sempre disponível na página da Fábrica de Ideias na internet (www.agu.gov.br/pgf > Projetos e Assuntos Estratégicos > Fábrica de Ideias), com a indicação de quais assuntos serão tratados nas reuniões e as respectivas datas.

O Conselho da Fábrica de Ideias se reunirá com periodicidade mensal (sem prejuízo de reuniões extraordinárias serem agendadas, com periodicidade menor, em função da quantidade de demandas na Agenda da Fábrica) e analisará as propostas pautadas para a reunião, respeitada a ordem de chegada da proposição.

A "ordem de chegada" que serve de norte para a pauta da Agenda da Fábrica pode ser alterada, adiantando a análise de determinada sugestão, em caso de expresso pedido do proponente (em razão da importância da medida) e mediante anuência por maioria do Conselho da Fábrica.

Finda a reunião de deliberação do Conselho da Fábrica de Ideias, as decisões serão imediatamente inseridas na Agenda (de forma resumida) e no Balanço* da Fábrica, de modo que se permita o acompanhamento virtual, pari passu, da sugestão encaminhada.

As deliberações que definirem a implementação da ideia encaminhada implicam na remessa do projeto para o Departamento/Coordenação competente (de acordo com a matéria), para que a desenvolva e volte a apresentar o projeto nas próximas reuniões do Conselho.

Já as deliberações que concluam pela impossibilidade da implementação da sugestão encaminhada redundam no respectivo arquivamento, com a atualização da informação na Agenda e no Balanço da Fábrica.

(* o Balanço da Fábrica de Ideias é o lugar em que são consolidadas todas as movimentações e tomadas de decisão do Conselho da Fábrica)




O Conselho da Fábrica


O Conselho da Fábrica é responsável pela análise das sugestões encaminhadas por todos aqueles que se interessaram em contribuir com o crescimento e desenvolvimento da instituição Procuradoria-Geral Federal.

O Conselho da Fábrica de Ideias é composto por representantes do Gabinete, dos Departamentos e das Coordenações da Procuradoria-Geral Federal, além da Divisão de Assuntos Disciplinares, das Procuradorias-Regionais Federais e do Representante da Carreira de Procurador Federal no Conselho Superior da AGU (para este último caso, a participação é facultativa).

O presidente do Conselho da Fábrica é o Procurador-Geral Federal.