Conceito

Imprimir: Conceito Compartilhamento: Conceito Conceito Conceito Conceito
Publicado : 20/02/2014 - Alterado : 07/03/2016
O Planejamento Estratégico é um processo contínuo que, amparado por um conjunto de ferramentas e técnicas, visa estabelecer a melhor direção a ser seguida pela Instituição.

Um plano estratégico oferece uma visão de futuro, independente do porte da instituição, permite a tomada de decisões atuais que envolvam riscos, bem como a organização sistemática das atividades necessárias à execução destas decisões e, através de uma retroalimentação, promove a medição dos resultados dessas ações em relação às expectativas alimentadas.

O processo de Planejamento Estratégico contém as seguintes etapas fundamentais:

1) Definição do negócio: análise sobre o benefício resultante do produto/serviço prestado pela instituição.

2) Missão: a declaração de missão deve refletir a razão de ser da instituição. Geralmente é uma declaração curta, que destaca suas principais competências.

3) Visão: representa onde a instituição quer estar em um determinado período de tempo. A visão deve ser realista para ser possível e visível para ser alcançável.

4) Análise de ambiente interno e externo: a definição das forças, fraquezas, ameaças e oportunidades da que afetam a instituição no cumprimento da sua missão.

5) Formulação de Estratégias: as estratégias são escritas com base na análise de ambiente levantada, após uma priorização dos principais objetivos, agrupados por temas. A estratégia precisa estar voltada para o futuro da organização, porém para ser bem descrita necessita estar de acordo com as etapas anteriores (missão, visão, negócio e ambiente).

6) Implementação de projetos e controles: esta etapa garante a execução de tudo o que foi levantado e priorizado. Não adianta definir um desafiador planejamento se não houver implementação e acompanhamento, e para isto um Plano de Ação precisa ser apresentado e disseminado junto aos integrantes da instituição.

O comprometimento de quem participa destas discussões é fundamental para uma boa análise e definições dos objetivos estratégicos. Algumas entidades optam por efetuar algumas etapas desse planejamento com a participação de colaboradores de diversos setores, promovendo um comprometimento de todos. É a chamada gestão participativa.

Um outro aspecto importante para o sucesso da implementação do planejamento estratégico está na atenção ao ambiente externo e às mudanças de cenário que, se confirmadas, ensejarão a revisão da estratégia. O planejamento estratégico não pode ser fixo, o processo precisa ser vivo e com a disciplina bem aplicada trará bons resultados para uma organização.

Fonte:
1. Chiavenato, Idalberto. Planejamento Estratégico – Fundamentos e Aplicações, Rio de Janeiro, Campus, 2003.
2. P. Drucker, Introdução a Administração, São Paulo, Pioneira, 1984.