Entidades Representadas

Imprimir: Entidades Representadas Compartilhamento: Entidades Representadas Entidades Representadas Entidades Representadas Entidades Representadas
Publicado : 27/11/2012 - Alterado : 28/11/2012
Entidades Representadas - PRF 1ª Região
1. Agência Espacial Brasileira - AEB;

2. Agência Nacional de Águas - ANA;

3. Agência Nacional de Aviação Civil - ANAC;

4. Agência Nacional de Petróleo - ANP;

5. Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS;

6. Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL;

7. Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA (Portaria nº 479, de 13.06.2008);

8. Agência Nacional do Cinema - ANCINE;

9. Caixa de Construções de Casas para o Pessoal do Ministério da Marinha - CCCPMM (tb pela Portaria 609, de 10.08.07);

10. Caixa de Financiamento Imobiliário da Aeronáutica - CFIAe;

11. Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca - CEFET/RJ ou Escola Técnica Federal Celso Suckow da Fonseca ou Escola Técnica Nacional;

12. Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - CEFET/MG ou Escola Técnica Federal de Minas Gerais;

13. Colégio Pedro II - CPII/RJ;

14. Comissão Nacional de Energia Nuclear - CNEN;

15. Comissão de Valores Monetários - CVM;

16. Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq;

17. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES;

18. Departamento Nacional de Obras Contra as Secas - DNOCS;

19. Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT;

20. Departamento Nacional de Produção Mineral - DNPM;

21. Escola Nacional de Administração Pública - ENAP (Portaria 76/2007 e 667/2007);

22. Faculdade Federal de Odontologia de Diamantina ou Faculdade Federais Integradas de Diamantina - FAFEID/MG ou Escola Agrotécnica Federal de Odontologia de Diamantina;

231. Fundação Alexandre de Gusmão - FUNAG (Portaria nº 155, de 11.02.2008);

24. Fundação Biblioteca Nacional - FBN;

25. Fundação Casa de Rui Barbosa - FCRB (tb, Portaria 612, de 14.08.07);

26. Fundação Cultural Palmares - FCP (Portaria 609, de 10.08.07);

27. Fundação Escola Nacional de Administração Pública - ENAP (Portaria nº 76/2007);

28. Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre - FFFCMPA/RS;

29. Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE;

30. Fundação Joaquim Nabuco - FUNDAJ;

31. Fundação Jorge Duprat Figueiredo Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO;

32. Fundação Nacional de Artes - FUNARTE;

33. Fundação Nacional de Saúde - FUNASA;

34. Fundação Nacional do Índio - FUNAI (nos termos do art. 11-B, §§ 6º e 7º, da Lei 9.028/95, acrescentado pela Medida Provisória 2.180-35/01);

35. Fundação Osório - FO;

36. Fundação Oswaldo Cruz - FIOCRUZ;

37. Fundo Nacional de Desenvolvimento - FND (Portaria 771, de 27.09.2007);

38. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE (Portaria 593, de 07.08.07);

39. Instituto Brasileiro de Museus - IBRAM;

40. Instituto Brasileiro de Turismo - EMBRATUR;

41. Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - IBAMA;

42. Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio;

43. Instituto Federal do Acre (transformação da Escola Técnica Federal do Acre);

44. Instituto Federal de Alagoas (integração do Centro Federal de Educação Tecnológica de Alagoas e da Escola Agrotécnica Federal de Satuba);

45. Instituto Federal do Amapá (transformação da Escola Técnica Federal do Amapá);

46. Instituto Federal do Amazonas (integração do Centro Federal de Educação Tecnológica do Amazonas e das Escolas Agrotécnicas Federais de Manaus e de São Gabriel da Cachoeira);

47. Instituto Federal da Bahia (transformação do Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia);

48. Instituto Federal Baiano (integração das Escolas Agrotécnicas Federais de Catu, de Guanambi (Antonio José Teixeira), de Santa Inês e de Senhor do Bonfim);

49. Instituto Federal de Brasília (transformação da Escola Técnica Federal de Brasília);

50. Instituto Federal do Ceará (integração do Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará e das Escolas Agrotécnicas Federais de Crato e de Iguatu);

51. Instituto Federal do Espírito Santo (integração do Centro Federal de Educação Tecnológica do Espírito Santo e das Escolas Agrotécnicas Federais de Alegre, de Colatina e de Santa Teresa);

52. Instituto Federal de Goiás (transformação do Centro Federal de Educação Tecnológica de Goiás);

53. Instituto Federal Goiano (integração dos Centros Federais de Educação Tecnológica de Rio Verde e de Urutaí, e da Escola Agrotécnica Federal de Ceres);

54. Instituto Federal do Maranhão (integração do Centro Federal de Educação Tecnológica do Maranhão e das Escolas Agrotécnicas Federais de Codó, de São Luís e de São Raimundo das Mangabeiras);

55. Instituto Federal de Minas Gerais (integração dos Centros Federais de Educação Tecnológica de Ouro Preto e de Bambuí, e da Escola Agrotécnica Federal de São João Evangelista);

56. Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (integração do Centro Federal de Educação Tecnológica de Januária e da Escola Agrotécnica Federal de Salinas);

57. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais (integração do Centro Federal de Educação Tecnológica de Rio Pomba e da Escola Agrotécnica Federal de Barbacena);

58. Instituto Federal do Sul de Minas Gerais (integração das Escolas Agrotécnicas Federais de Inconfidentes, de Machado e de Muzambinho);

59. Instituto Federal do Triângulo Mineiro (integração do Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba e da Escola Agrotécnica Federal de Uberlândia);

60. Instituto Federal de Mato Grosso (integração dos Centros Federais de Educação Tecnológica de Mato Grosso e de Cuiabá, e da Escola Agrotécnica Federal de Cáceres);

61. Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (integração da Escola Técnica Federal de Mato Grosso do Sul e da Escola Agrotécnica Federal de Nova Andradina);

62. Instituto Federal do Pará (integração do Centro Federal de Educação Tecnológica do Pará e das Escolas Agrotécnicas Federais de Castanhal e de Marabá);

63. Instituto Federal da Paraíba (integração do Centro Federal de Educação Tecnológica da Paraíba e da Escola Agrotécnica Federal de Sousa);

64. Instituto Federal de Pernambuco (integração do Centro Federal de Educação Tecnológica de Pernambuco e das Escolas Agrotécnicas Federais de Barreiros, de Belo Jardim e de Vitória de Santo Antão);

65. Instituto Federal do Sertão Pernambucano (transformação do Centro Federal de Educação Tecnológica de Petrolina);

66. Instituto Federal do Piauí (transformação do Centro Federal de Educação Tecnológica do Piauí);

67. Instituto Federal do Paraná (transformação da Escola Técnica da Universidade Federal do Paraná);

68. Instituto Federal do Rio de Janeiro (transformação do Centro Federal de Educação Tecnológica de Química de Nilópolis);

69. Instituto Federal Fluminense (transformação do Centro Federal de Educação Tecnológica de Campos);

70. Instituto Federal do Rio Grande do Norte (transformação do Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio Grande do Norte);

71. Instituto Federal do Rio Grande do Sul (integração do Centro Federal de Educação Tecnológica de Bento Gonçalves, da Escola Técnica Federal de Canoas e da Escola Agrotécnica Federal de Sertão);

72. Instituto Federal Farroupilha (integração do Centro Federal de Educação Tecnológica de São Vicente do Sul e da Escola Agrotécnica Federal de Alegrete);

73. Instituto Federal Sul-rio-grandense (transformação do Centro Federal de Educação Tecnológica de Pelotas);

74. Instituto Federal de Rondônia (integração da Escola Técnica Federal de Rondônia e da Escola Agrotécnica Federal de Colorado do Oeste);

75. Instituto Federal de Roraima (transformação do Centro Federal de Educação Tecnológica de Roraima);

76. Instituto Federal de Santa Catarina (transformação do Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina);

77. Instituto Federal Catarinense (integração das Escolas Agrotécnicas Federais de Concórdia, de Rio do Sul e de Sombrio);

78. Instituto Federal de São Paulo (transformação do Centro Federal de Educação Tecnológica de São Paulo);

79. Instituto Federal de Sergipe (integração do Centro Federal de Educação Tecnológica de Sergipe e da Escola Agrotécnica Federal de São Cristóvão);

80. Instituto Federal do Tocantins (integração da Escola Técnica Federal de Palmas e da Escola Agrotécnica Federal de Araguatins);

81. Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial - INMETRO;

82. Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN;

83. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA;

84. Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro - IPJB;

85. Instituto Nacional da Propriedade Industrial - INPI;

86. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - INEP;

87. Instituto Nacional do Seguro Social - INSS;

88. Instituto Nacional de Tecnologia da Informação - ITI;

89. Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA;

90. Superintendência de Seguros Privados - SUSEP;

91. Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia - SUDAM (Agência de Desenvolvimento da Amazônia - ADA);

92. Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste - SUDECO;

93. Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste - SUDENE (Agência de Desenvolvimento do Nordeste - ADENE);

94. Universidade de Brasília - FUB (Portaria 71, 18.01.2008);

95. Universidade de São Carlos - FUFSCAR;

96. Universidade do Rio de Janeiro - UNIRIO ou Universidade do Rio de Janeiro;

97. Universidade Federal da Bahia - UFBA ou Fundação Universidade Federal da Bahia;

98. Universidade Federal da Paraíba - UFPB - ou Fundação Universidade Federal da Paraíba;

99. Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD;

100. Universidade Federal de Alagoas - UFAL ou Fundação Universidade Federal de Alagoas;

101. Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG ou Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas - EFO/MG;

102. Universidade Federal de Campina Grande - UFCG/PB;

103. Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre - UFCSPA;

104. Universidade Federal de Goiás - UFG (Portaria 71, 18.01.2008);

105. Universidade Federal de Itajubá - UNIFEI ou Escola Federal de Engenharia de Itajubá ou Fundação Universidade Federal de Itajubá;

106. Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF/MG;

107. Universidade Federal de Lavras - UFLA ou Fundação Universidade Federal de Lavras;

108. Universidade Federal de Mato Grosso - FUFMT ou Universidade Federal de Mato Grosso;

109. Universidade Federal do Mato Grosso do Sul - FUFMS (Portaria 71, 18.01.2008);

110. Universidade Federal de Ouro Preto ou Fundação Universidade Federal de Ouro Preto;

111. Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG (Portaria 71, 18.01.2008);

112. Universidade Federal de Pelotas ou Fundação Universidade Federal de Pelotas - UFPEL;

113. Universidade Federal de Pernambuco - UFPE;

114. Universidade Federal de Rondônia - UNIR ou Universidade Federal de Rondônia (Portaria 71, 18.01.2008);

115. Universidade Federal de Roraima - UFRR ou Universidade Federal de Roraima; (Portaria 71, 18.01.2008);

116. Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC ou Fundação Universidade Federal de Santa Catarina;

117. Universidade Federal de Sergipe ou Universidade Federal de Sergipe;

118. Universidade Federal de São João Del Rei - FUNREI ou Fundação de Ensino Superior de São João Del Rei ou Fundação Universidade Federal de São João Del Rei;

119. Universidade Federal de Santa Maria - UFSM ou Fundação Universidade Federal de Santa Maria;

120. Universidade Federal de Tocantins - UFT (Portaria 71, 18.01.2008);

121. Universidade Federal de Uberlândia - FUFUb ou Universidade Federal de Uberlândia - UFU (Portaria 71, 18.01.2008);

122. Universidade Federal de Viçosa - UFV ou Universidade Federal de Viçosa;

123. Universidade Federal do ABC - UFABC;

124. Universidade Federal do Acre - UFAC ou Universidade Federal do Acre;

125. Universidade Federal do Amapá - UNIFAP ou Universidade Federal do Amapá;

126. Universidade Federal do Amazonas - FUA ou Universidade Federal do Amazonas ou Universidade do Amazonas;

127. Universidade Federal do Ceará - UFCE ou Fundação Universidade Federal do Ceará;

128. Universidade Federal do Espírito Santo - UFES ou Fundação Universidade Federal do Espírito Santo;

129. Universidade Federal do Maranhão - UFMA ou Universidade Federal do Maranhão;

130. Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA (Portaria nº 704/2008);

131. Universidade Federal do Pará - UFPA ou Fundação Universidade Federal do Pará (Portaria 71, 18.01.2008);

132. Universidade Federal do Piauí - FUFPI ou Universidade Federal do Piauí (Portaria 71, 18.01.2008);

133. Universidade Federal do Paraná - UFPR ou Fundação Universidade Federal do Paraná;

134. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB (Portaria 254/2007);

135. Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ ou Fundação Universidade Federal do Rio de Janeiro;

136. Universidade Federal do Rio Grande - UFRG (Portaria 71, 18.01.2008);

137. Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN;

138. Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRS ou Fundação Universidade Federal do Rio Grande do Sul;

139. Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM ou Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro - FMTM/MG (Portaria 71, 18.01.2008);

140. Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF (Portaria 71, 18.01.2008);

141. Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM ou Faculdade Federal de Odontologia de Diamantina ou Faculdades Federais Integradas de Diamantina - FAFEID/MG ou Escola Agrotécnica Federal de Odontologia de Diamantina (Portaria 71, 18.01.2008);

142. Universidade Federal Fluminense - UFF/RJ;

143. Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA ou Faculdade de Ciências Agrárias do Pará ou Fundação Universidade Federal Rural da Amazônia;

144. Universidade Federal Rural de Pernambuco ou Fundação Universidade Federal Rural de Pernambuco;

145. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro ou Fundação Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro;

146. Universidade Federal Rural do Semi-árido - UFERSA;

147. Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR.




* * ANEXO * *


A Lei nº 11.892/2008 criou os Institutos Federais de Educação e Tecnologia (IFETs), a partir da transformação ou integração dos Centros Federais de Tecnologia (CEFETs), Escolas Técnicas Federais (ETFs) e Escolas Agrotécnicas Federais (EAFs).

Lista dos Centros Federais de Tecnologia (CEFETs), das Escolas Técnicas Federais (ETFs) e das Escolas Agrotécnicas Federais (EAFs) que foram transformadas ou integradas para a criação dos Institutos Federais de Educação e Tecnologia (IFETs), constantes na lista das entidades representadas pela PRF1 (itens 66 a 103):


1. Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia - CEFET/BA ou Escola Técnica Federal da Bahia;

2. Centro Federal de Educação Tecnológica da Paraíba - CEFET/PB ou Escola Técnica Federal da Paraíba;

3. Centro Federal de Educação Tecnológica de Alagoas - CEFET/AL ou Escola Técnica Federal de Alagoas;

4. Centro Federal de Educação Tecnológica de Bambuí - CEFET/Bambuí-MG ou Escola Agrotécnica Federal de Bambuí - EAF/Bambuí-MG;

5. Centro Federal de Educação Tecnológica de Bento Gonçalves - CEFET/Bento Gonçalves-RS ou Escola Agrotécnica Federal de Presidente Juscelino Kubitschek - EAF/Presidente Juscelino Kubitschek-RS;

6. Centro Federal de Educação Tecnológica de Campos - CEFET-Campos/RJ ou Escola Técnica Federal de Campos;

7. Centro Federal de Educação Tecnológica de Cuiabá - CEFET/cuiabá-MT ou Escola Agrotécnica Federal de Cuiabá - EAF/Cuiabá-MT ou Escola Técnica Federal de Cuiabá;

8. Centro Federal de Educação Tecnológica de Goiás - CEFET/GO ou Escola Técnica Federal de Goiás;

9. Centro Federal de Educação Tecnológica de Januária - CEFET/Januária-MG ou Escola Agrotécnica Federal de Januária;

10. Centro Federal de Educação Tecnológica de Mato Grosso - CEFET/MT ou Escola Técnica Federal de Mato Grosso;

11. Centro Federal de Educação Tecnológica de Ouro Preto - CEFET/Ouro Preto-MG ou Escola Técnica Federal de Ouro Preto;

12. Centro Federal de Educação Tecnológica de Pelotas - CEFET/RS ou Escola Técnica Federal de Pelotas;

13. Centro Federal de Educação Tecnológica de Pernambuco - CEFET/PE ou Escola Técnica Federal de Pernambuco;

14. Centro Federal de Educação Tecnológica de Petrolina - CEFET/PE ou Escola Técnica Federal de Petrolina ou Escola Agrotécnica Federal de Petrolina ou Escola Agrotécnica Federal Dom Avelar Brandão Vilela;

15. Centro Federal de Educação Tecnológica de Química de Nilópolis - CEFETQ/RJ ou Escola Técnica Federal de Química ou Escola Técnica Federal de Química do Rio de Janeiro;

16. Centro Federal de Educação Tecnológica de Rio Pomba - CEFET/Rio Pomba-MG ou Escola Agrotécnica Federal de Rio Pomba;

17. Centro Federal de Educação Tecnológica de Rio Verde - CEFET/Rio Verde-GO ou Escola Agrotécnica Federal de Rio Verde;

18. Centro Federal de Educação Tecnológica de Roraima - CEFET/RR ou Escola Técnica Federal de Roraima;

19. Centro Federal de Educação Tecnológica de Santa Catarina - CEFET/SC ou Escola Técnica Federal de Santa Catarina;

20. Centro Federal de Educação Tecnológica de São Paulo - CEFET/SP ou Escola Técnica Federal de São Paulo;

21. Centro Federal de Educação Tecnológica de São Vicente do Sul - CEFET/São Vicente do Sul-RS ou Escola Agrotécnica Federal de São Vicente do Sul;

22. Centro Federal de Educação Tecnológica de Sergipe - CEFET/SE ou Escola Técnica Federal de Sergipe;

23. Centro Federal de Educação Tecnológica de Uberaba - CEFET/Uberaba-MG ou Escola Agrotécnica Federal de Uberaba;

24. Centro Federal de Educação Tecnológica de Urutaí - CEFET/Urutaí-GO ou Escola Agrotécnica Federal de Urutaí;

25. Centro Federal de Educação Tecnológica do Amazonas - CEFET/AM ou Escola Técnica Federal do Amazonas;

26. Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará - CEFET/CE ou Escola Técnica Federal do Ceará;

27. Centro Federal de Educação Tecnológica do Espírito Santo - CEFET/ES ou Escola Técnica Federal do Espírito Santo;

28. Centro Federal de Educação Tecnológica do Maranhão - CEFET/MA ou Escola Técnica Federal de São Luis ou Escola Técnica Federal do Maranhão;

29. Centro Federal de Educação Tecnológica do Pará - CEFET/PA ou Escola Técnica Federal do Pará;

30. Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná - CEFET/PR, Escola Técnica Federal do Paraná ou Universidade Tecnológica do Paraná - UTFPR;

31. Centro Federal de Educação Tecnológica do Piauí - CEFET/PI ou Escola Técnica Federal do Piauí;

32. Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio Grande do Norte - CEFET/RN ou Escola Técnica Federal do Rio Grande do Norte;

33. Escola Agrotécnica Federal de Alegre - EAF/Alegre-ES;

34. Escola Agrotécnica Federal de Alegrete - EAF/Alegrete-RS;

35. Escola Agrotécnica Federal de Antonio José Teixeira - EAF/Guanambi - BA ou Escola Agrotécnica Federal de Antonio Teixeira ou Escola Agrotécnica Federal de Guanambi;

36. Escola Agrotécnica Federal de Araguatins - EAF/Araguatins-TO;

37. Escola Agrotécnica Federal de Barbacena - EAF/Barbacena-MG;

38. Escola Agrotécnica Federal de Barreiros - EAF/Barreiros-PE;

39. Escola Agrotécnica Federal de Belo Jardim - EAF/Belo Jardim-PE;

40. Escola Agrotécnica Federal de Cáceres - EAF/Cáceres-MT;

41. Escola Agrotécnica Federal de Castanhal - EAF/Castanhal-PA;

42. Escola Agrotécnica Federal de Catu - EAF/Catu-BA;

43. Escola Agrotécnica Federal de Ceres - EAF/Ceres-GO;

44. Escola Agrotécnica Federal de Codó - EAF/Codó-MA;

45. Escola Agrotécnica Federal de Colatina - EAF/Colatina-ES;

46. Escola Agrotécnica Federal de Colorado do Oeste - EAF/Colorado do Oeste-RO;

47. Escola Agrotécnica Federal de Concórdia - EAF/Concórdia-SC;

48. Escola Agrotécnica Federal de Crato - EAF/Crato-CE;

49. Escola Agrotécnica Federal de Iguatú - EAF/Iguatú-CE;

50. Escola Agrotécnica Federal de Inconfidentes - EAF/Inconfidentes-MG ou Escola Agrotécnica Federal de Inconfidentes Visconde de Mauá - MG;

51. Escola Agrotécnica Federal de Machado - EAF/Machado-MG;

52. Escola Agrotécnica Federal de Manaus - EAF/Manaus-AM;

53. Escola Agrotécnica Federal de Marabá/PA;

54. Escola Agrotécnica Federal de Muzambinho - EAF/Muzambinho-MG;

55. Escola Agrotécnica Federal de Rio do Sul - EAF/Rio do Sul-SC;

56. Escola Agrotécnica Federal de Salinas Clemente de Medrado - EAF/Salinas-MG ou Escola Agrotécnica Federal de Salinas;

57. Escola Agrotécnica Federal de Santa Inês - EAF/Santa Inês-BA;

58. Escola Agrotécnica Federal de Santa Teresa - EAF/Santa Teresa-ES;

59. Escola Agrotécnica Federal de São Cristóvão - EAF/São Cristóvão-SE;

60. Escola Agrotécnica Federal de São Gabriel da Cachoeira - EAF/São Gabriel da Cachoeira-AM;

61. Escola Agrotécnica Federal de São João Evangelista - EAF/São João Evangelista-MG ou Escola Agrotécnica Federal de São João Evangelista Nelson de Senna - MG;

62. Escola Agrotécnica Federal de São Luis - EAF/São Luís-MA;

63. Escola Agrotécnica Federal de Satuba - EAF/Satuba-AL;

64. Escola Agrotécnica Federal de Senhor do Bonfim - EAF/Senhor do Bomfim-BA;

65. Escola Agrotécnica Federal de Sertão - EAF/Sertão-RS;

66. Escola Agrotécnica Federal de Sombrio - EAF/Sombrio-SC;

67. Escola Agrotécnica Federal de Sousa - EAF/Sousa-PB;

68. Escola Agrotécnica Federal de Uberlândia - EAF/Uberlândia-MG;

69. Escola Agrotécnica Federal de Vitória de Santo Antão - EAF/Vitória de Santo Antão-PE ou Escola Agrotécnica Federal de Vitória de Santo Antão João Cleófas - EAF/PE;

70. Escola Técnica Federal de Brasília (PGF 1.006 03.10.08 Rep Judicial);

71. Escola Técnica Federal de Palmas - ETF/Palmas-TO;

72. Escola Técnica Federal de Porto Velho - ETF/Porto Velho-RO (em construção);

73. Escola Técnica Federal de Rolim de Moura - ETF/Rolim de Moura-RO (em construção);

74. Escola Técnica Federal de Santarém - ETF/Santarém-PA; (em construção).
 
« Notícia anterior